Still Life (humanizado) – DICAS

capa

Anteriormente, no post de Iluminação para fotografia still, o blog TREV abordou um pouco desse estilo, muito usado na publicidade.

Mas muitos fotógrafos não são fãs desse estilo, pois se limita a fotografar um produto, em um fundo branco inanimado. Acaba se tornando uma foto “sem graça” e sem desafios para essa área de trabalho, que tanto preza pela arte, beleza e pelo imprevisto.

Mesmo com o posicionamento do fotógrafo Tony Genérico, que diz que na foto still, o fotógrafo “não ‘tira’, ele ‘faz’ a fotografia”, nem todos os profissionais aceitam o desafio.

Mas o que poucos conhecem (ou o que poucos clientes pedem) é um estilo chamado Still Life (Humanizado), que visa dar vida e personalidade ao produto fotografado.

Para compor esse tipo de fotografia, Roberto Badin, fotógrafo conceituado na área, explica que “exige curiosidade, sensibilidade e concentração. Conhecimento de iluminação é outro requisito desse segmento, que lida basicamente com objetos”.

 foto

Foto: Roberto Badin – (http://www.robertobadin.com)

Necessariamente, não precisa de um elemento humano, ou apenas ele na foto, o que é indispensável é criar uma ambientação com outros objetos, background, e todo o cenário completo, dando uma vida e deixando que apenas a fotografia passe a mensagem desejada, sem necessidade de textos ou títulos.

Exemplo: Uma marca de tênis estrangeira, fábrica todos os seus modelos com materiais reciclados e seu público alvo são jovens, chamados hoje em dia de alternativos, ou hipsters. É um produto, relativamente caro, e que não irá atingir as classes mais baixas, porém, “patricinhas” e “mauricinhos” também não irão comprar.

A solução para sua campanha publicitária, são fotos em frente a um espelho, mostrando o tênis e as pernas das modelos. Porém, o cenário aparenta ser um local (prédio) abandonado. Ou seja, mesmo que a marca comercialize para um público A/B, a ambientação de suas pessoas, indicam que não é qualquer pessoa que pode comprar o produto, e sim, apenas aqueles com estilo alternativo.

Uma foto bem trabalhada muda o posicionamento do produto e direciona para o público alvo correto, o que a marca deseja atingir.

Proponha ao cliente mudar um pouco sua concepção de imagem, e sair do padrão de uma imagem com fundo branco, que torna chato para o fotógrafo e comum para o público alvo da marca. A fotografia Still pode não ser a mais desejada para os fotógrafos, porém, bem trabalhada, pode se tornar prazerosa para o profissional e ter um ótimo recall para a marca.